Enquanto uns esperam ansiosamente pelas ondas, outros tiveram a sorte de já poderem “surfar” nesta fantástica plataforma que é o Google Wave. Foi à uma semana que ao visitar a minha caixa de correio encontrei o tão cobiçado link:

Google Invitation
Google Invitation

E antes que encham a minha caixa de correio com pedidos de convites, devo avisar desde já, que esgotei as 8 nomeações que a Google disponibilizou. No entanto, das 8 nomeações que fiz, apenas um dos contactos recebeu um convite, o que nos leva a pensar que precisam de ser nomeados por duas contas diferentes para terem acesso a um convite. Já no Wave, a Google informa-nos que as nomeações não dão entrada directa na plataforma:

Google Wave - Invitation List
Google Wave – Invitation List

Mais ainda, verificámos cujo acesso foi dado por nomeações, não tem a possibilidade de nomear outros contactos, pelo que o acesso neste momento é mesmo bastante restrito.

Relativamente à plataforma propriamente dita, acredito que o Google Wave é tudo aquilo que já foi dito sobre o mesmo (para saber mais, leia o artigo do Nelson sobre o tema). De facto esta aplicação é uma das mais subjectivas que conheço, que terá tantas interpretações, quanto utilizadores. Podemos interpretá-la como uma plataforma de chat, onde podemos falar e interagir com os nossos contactos em tempo real; podemos vê-la como um cliente de correio electrónico onde podemos consultar as nossas mensagens; podemos vê-la como um fórum, onde podemos comentar e criar tópicos; podemos vê-la como um Google Docs onde podemos criar documentos colaborativamente e em tempo real. O Google Wave pode ser tudo isto, como poderá não ser nada: depende da imaginação dos utilizadores que fizeram de plataformas como o Twitter o que são hoje.

Ao fim de uma semana como utilizador do Google Wave, já utilizei a plataforma para chat, discussão de projectos, jogos em grupo, votações, cliente do Twitter, etc. Só não utilizei mais activamente a plataforma devido aos pouco contactos com acesso à plataforma.

Google Wave Sudoku
Google Wave Sudoku

Do ponto de vista do ensino, e mais especificamente do ensino a distância, acredito que esta poderá ser uma excelente ferramenta de apoio. Um dos meus colegas esteve esta semana a dar uma aula de programação utilizando o Google Wave esclarecendo dúvidas em tempo real e de forma contextual.

Apesar de todas as potencialidades que a plataforma já tem, acredito que o maior trunfo do Google Wave serão as extensões, bem como os chamados bots que podemos desenvolver que podem interagir com as nossas Waves, auxiliando e facilitando o nosso trabalho. Para além de algumas extensões, experimentei o bot para o Twitter, o que me permitia interagir com o esta plataforma a partir do Google Wave.

Google Wave Twitter Bot
Google Wave Twitter Bot

Ser um dos primeiros milhares de utilizadores com acesso à plataforma numa fase tão embrionária, também faz com que nos deparemos com mensagens como a seguinte:

 

Google Wave Bug
A equipa do Google Wave e o seu humor

No entanto isto permite acompanhar a evolução muito positiva da plataforma, onde diariamente são adicionadas novas funcionalidades bem como corrigidos dezenas de problemas. Se a plataforma continuar a evoluir a este ritmo acredito que em breve serão disponibilizados muitos mais convites para esta excelente aplicação.

Na Unidade de Ensino a Distância, continuaremos a acompanhar a evolução do Google Wave, analisando quando e como o poderemos introduzir nos hábitos da nossa comunidade académica.