Apesar do sucesso e da controvérsia que rodeia dos conteúdos disponibilizados no YouTube, numa iniciativa arrojada a Universidade de Berkeley decidiu disponibilizar nesta plataforma cerca 300 horas de conteúdos educativos e informativos sobre temas tão variados como Física, Biologia, Informática, entre muitos outros.

Berkeley e o YouTube

Clique na imagem para fazer uma visita ao site.